Rádio Resistência

Notícias

27/11/2017

Centrais convocam Greve Nacional para o dia 5.12

As centrais sindicais (CTB, CUT, Nova Central, Força Sindical, CSB, UGT, Intersindical, CSP-Conlutas e CGTB) orientam as bases sindicais de todo o país a se mobilizarem para construírem a GREVE NACIONAL no dia 5 de dezembro.

A agenda de ação foi aprovada na reunião da última sexta-feira (24), ocorrida na sede da Força Sindical e contou com a presença das centrais sindicais, de confederações, federações e diversos sindicatos estratégicos para a construção da greve. A proposta de "reforma" da Previdência Social da gestão Temer, e que pode ir à votação na primeira semana de dezembro.

A orientação é, desde já, "realizarem ampla mobilização nas bases – assembleias, atos, debates e outras atividades – como processo de organização de uma Greve Nacional, no dia 5 de dezembro, contra as propostas de reforma da Previdência Social, que acaba com o direito à aposentadoria dos trabalhadores brasileiros”, destaca o presidente da CTB, Adilson Araújo.

As Centrais Sindicais exigem que o Congresso Nacional não mexa nos direitos trabalhadores. Entre as deliberações, ficou definido:

_ Greve Nacional no dia 05/12 com paralisações em todas as capitais;
_ Campanha nas redes sociais; desmascarando as mentiras do governo acerca da reforma da previdência;
_ Pressão nos deputados federais nos aeroportos e agendas públicas dos deputados;
_ Realizar Assembleia e debates em todo o País.

Assinam a convocação as seguintes centrais:

CTB – Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil 
CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros
Força Sindical 
NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores
UGT – União Geral dos Trabalhadores
CUT – Central Única dos Trabalhares
CSP Conlutas – Central Sindical e Popular}
Intersindical – Central da Classe Trabalhadora 
CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil