Rádio Resistência

Notícias

30/11/2018

Feebbase celebra 50 anos com solenidade festiva em Salvador

A Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe comemorou os 50 anos de fundação na última sexta-feira, 23 de novembro, com duas atividades: um ato na Assembleia Legislativa da Bahia, na parte da manhã, e uma solenidade festiva realizada no Cerimonial Vila São José, em Salvador, durante a noite. Os eventos reuniram representantes dos bancos, lideranças sociais e políticas, além de trabalhadores e dirigentes sindicais de todas as bases da Feebbbase.

A história de lutas e conquista da entidade foi a grande reverenciada em todos os pronunciamentos e falas. Houve espaço também para homenagear as lideranças sindicais que construíram esta história, como o ex-presidente do Sindicato de Ilhéus Arnom Nonato Marques, um dos fundadores de Feebbase; o ex-presidente do Sindicato de Sergipe José Souza, além dos ex-presidentes da Federação Euclides Fagundes, Álvaro Gomes, Everaldo Augusto, Eduardo Navarro e Emanoel Souza.

As atividades mostraram também a importância política da Feebbase, pois contaram com a participação do presidente nacional da CTB, Adilson Araújo; do representante da Febraban Eliomar dos Santos Júnior; da secretária de Políticas para Mulheres da Bahia, Julieta Palmeira; do superintendente da Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Renda Alexandre Reis; da deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA); da supervisora técnica do Dieese Bahia, Ana Georgina Dias; do superintendente de Relações do Trabalho do Itáu Marco Aurélio Oliveira; da integrante da Executiva do PT na Bahia Elen Coutinho e do presidente da CTB Sergipe, Adêniton Santana.

Para o presidente da Feebbase, Hermelino Neto, celebrar os 50 anos da Federação é muito importante, para manter viva na memória de todos os caminhos que a entidade percorreu para chegar até aqui e para que as gerações futuras possam entender a relevância de cada direito conquistado. “Precisamos reverenciar também a memória dos homens e mulheres que colaboraram para a consolidação da Federação como uma entidade ampla e capaz de dialogar com vários segmentos da sociedade. Uma entidade que terá um papel ainda mais importante neste momento de ataque aos direitos trabalhistas e sociais do povo brasileiro”, ressaltou.

Fonte: Feeb-Base