24/10/2014

Combate ao Assédio Moral
Denúncia MPT

Usuários on-line

1 Visitante

Auxílio-doença: INSS está convocando empregados encostados

O Instituto Nacional do Seguro Social em Sergipe (INSS/SE) está convocando desde ontem (23) por carta, 22 trabalhadores encostados por motivo de saúde. Essa é a primeira chamada deste ano e o aviso serve para aqueles que recebem o auxílio-doença há dois anos, entre agosto de 2005 até dezembro deste ano, e precisam passar por nova perícia médica. “É um procedimento normal para todos os auxílios-doença”, disse o chefe do serviço de benefícios do INSS/SE, Hideraldo Luiz Moura de Jesus.

Ao todo, neste primeiro lote, o INSS vai convocar mais 15.566 trabalhadores. Os beneficiários que têm prazo de auxílio expirando em fevereiro devem agendar a perícia pelo telefone 135 ou pela internet. Em Aracaju, os agendamentos também podem ser realizados em uma das duas agências do INSS, localizadas no conjunto Siqueira Campos. “Após receber a carta, a pessoa tem um prazo de 10 dias para comparecer para marcar a perícia. Se ela não estiver em condições de ir até uma agência, pode mandar alguém para não perder o prazo. Ele só deve comparecer pessoalmente no dia da perícia médica. A depender do resultado, o benefício pode ser prorrogado, ou suspenso”, explicou Hideraldo de Jesus.

Segundo ele, a iniciativa do INSS também serve para os aposentados por invalidez. “Todo benefício será reavaliado. Todo mês teremos uma demanda diferente. Sempre teremos alguém nessa situação”, destacou. Nos seis lotes anteriores, foram convocados cerca de 130 mil beneficiários que tiveram a concessão do auxílio-doença a partir de agosto de 2005 e deveriam ser reavaliados após dois anos, em todo país. Muitos segurados agendam a perícia antes mesmo da convocação do INSS, pois guardaram o documento que receberam quando o benefício foi concedido, e no qual já constava a informação de que deveriam ser reavaliados antes de expirar o período de pré-fixado.

Os departamentos de Recursos Humanos das empresas que têm empregados nessa situação também estão lembrando sobre a necessidade de realizar a perícia para retornar ao trabalho ou prolongar a licença. Quem ainda não o fez, deve agendar a perícia médica pela internet ou pela Central 135. Quem receber a correspondência e não agendar, ou deixar de comparecer à perícia, terá o benefício cessado. No momento do agendamento, o benefício fica automaticamente prorrogado até a data da perícia. O prazo mais longo de duração do benefício tem como objetivo facilitar a vida do trabalhador com doença mais grave e, também, melhorar o atendimento nas Agências da Previdência Social (APS).


(Do Jornal da Cidade)

 
FH - 2010 © Copyright Sindicato dos Bancários de Sergipe - Todos os direitos reservados.
Av. Gonçalo Prado Rollemberg, 794/804 - Centro - Aracaju/SE - CEP: 49010-410 Fone: (79) 2107-1868
Site visitado: 5591824 vezes