Rádio Resistência

Notícias

06/07/2018

Banco do Brasil está disposto para negociação

BB abre possibilidade de debater pontos de reivindicação e funcionários cobraram assinatura do pré-acordo

Na primeira reunião de negociação entre o Banco do Brasil (BB) e a Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), o banco afirmou estar disposto a negociar sobre os pontos de pauta de reivindicação. A mesa foi aberta no último dia 28. O Comando Nacional dos Bancários considera importante a disposição do banco de estabelecer um diálogo propositivo, para chegar a um acordo que atenda às reivindicações dos(as) funcionários(as). O acordo coletivo contempla dezenas de direitos e conquistas de diversas campanhas salariais, incluindo temas de isonomia que precisam ser preservados.A CEBB é órgão auxiliar da Confederação dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) que assessora o Comando Nacional dos Bancários no relacionamento com os funcionários e com a direção do BB.  

Economus
O banco também abriu a possibilidade de debater a questão dos funcionários incorporados de outros bancos nas questões de saúde e previdência.

Outros pontos
O sistema de pontuação por mérito é outro ponto que o banco aceita discutir. O banco estabeleceu que os funcionários cedidos ou requisitados para órgãos governamentais poderão ser beneficiados pela pontuação. O banco ainda disse estar disposto a retomar as homologações das rescisões de contrato de trabalhos nos sindicatos, a ampliação do tempo de pagamento da Verba de Caráter Pessoal (VCP) e atualizar a tabela de Pontuação Individual do Participante (PIP) da Previ. O BB também estudará a regularização da situação dos funcionários que fizeram concurso específico para a área de TI que ainda não tomaram posse.

Uma das preocupações com da categoria no BB é quanto a não participação dos novos funcionários na Cassi.

Ascom SEEB/SE. Fonte Contraf