Rádio Resistência

Notícias

06/05/2021

Os cincos maiores bancos do País lucraram R$ 7,9 bilhões durante a pandemia do Covid-19

Os cincos maiores bancos do País lucraram R$ 79,3 bilhões durante a pandemia do Covid-19, com aceleração da digitalização e fechamento de postos de trabalho e agências

Segundo o Departamento Intersindical e Estatística e Estudos SociosEconômicos (Dieese), o total de ativos das cinco maiores instituições bancárias do país atingiu, em 31 de dezembro de 2020, R$ 7,9 trilhões, alta média de 17,1% em relação a 2019. Boa parte dos ativos dos bancos corresponde às suas operações/carteiras de crédito, cujo montante totalizou R$ 3,6 trilhões, em 2020, com crescimento de 14,1% em relação ao ano anterior. O patrimônio líquido (PL), que representa o capital próprio dos cinco bancos, atingiu R$ 592,1 bilhões, alta de 10,1% em doze meses.
 

Na Nota Técnica, o Dieese também confirma a importância da atuação dos bancos públicos, a qual ficou evidente na pandemia. “Explicitouse, por exemplo, para a sociedade brasileira, a importância da Caixa Econômica Federal, no pagamento de R$ 295 bilhões de Auxílio Emergencial para mais de 60 milhões de brasileiros, em todos os cantos do país. Esses bancos públicos possuem maior capilaridade e não se concentram, somente, nos grandes centros urbanos, como a maioria dos bancos privados”. 

Veja na íntegra a Nota Técnica do Dieese, abaixo:

/manager/resources/uploads/arquivos/desempenhoDosBancos2021%20%282%29.pdf