Rádio Resistência

Notícias

14/01/2020

Governo de maldades! Empregado afastado da Caixa terá que agendar perícia

O governo Bolsonaro tem atuado para dificultar a vida dos trabalhadores de todas as formas possíveis. Sem nenhum motivo lógico, o INSS rompeu o convênio que permitia à Caixa agendar a perícia para os empregados afastados por mais de 15 dias por doença ou acidente de trabalho. Desde 1º de janeiro, o agendamento da perícia deve ser feito pelo próprio empregado através do portal do INSS.

Outra mudança consiste no pagamento dos benefícios (auxílio-doença previdenciário, auxílio-doença acidentário, auxílio-acidente e salário maternidade em caso de adoção), que ocorrerá diretamente pelo INSS ao empregado.

Em dezembro, o INSS havia rompido também o convênio com a Funcef, dificultando o recebimento dos benefícios previdenciários. Estas são mudanças que prejudicam os trabalhadores em momentos de maior fragilidade. Além disso, são medidas que não trazem nenhum benefício para o país, o que as tornam inexplicável. Deve ser só por maldade mesmo!

FONTE: FEEB