Rádio Resistência

Notícias

28/01/2020

O dia 29 de janeiro é o Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis

Respeito à diversidade sexual!

Transexuais lutam por dignidade e emprego

O dia 29 de janeiro é o Dia Nacional da Visibilidade de Transexuais e Travestis. A data foi firmada em 2004, quando ativistas lançaram a campanha “Travesti e Respeito”, em Brasília. O Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE) também abraça a causa. Das conquistas, bancários e bancárias podem adotar em todos os documentos próprios emitidos pela entidade (carteirinha, requisições, cadastros) o uso do nome social a partir da autodeterminação, para pessoas trans, garantindo um tratamento de acordo com a identidade expressada. Nacionalmente, os representantes dos(as) trabalhadores(as) obtiveram informação dos  maiores bancos (Bradesco, Itaú, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Santander), e todos confirmaram que têm em seus quadros funcionais da ativa travestis ou transexuais. Também está confirmado, ainda, que esses bancários podem fazer o uso do nome social e têm garantido um ambiente não-discriminatório para trabalhar.