Rádio Resistência

Notícias

07/06/2021

BANCÁRIOS E BANCÁRIAS VÃO PARAR POR 24 HORAS NESTA TERÇA-FEIRA (08/06)

Pela inclusão dos trabalhadores e trabalhadoras dos bancos entre os grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a covid-19.

O Sindicato dos Bancários de Sergipe (SEEB/SE) informa aos usuários e clientes de bancos que em Assembleia Geral Extraordinária e Virtual a categoria aprovou por 86% a paralisação das atividades nas agências.

A greve de 24 horas nas agências bancárias será realizada nesta terça-feira (08/06), de zero hora às 23h59.

“Pedimos apoio e solicitamos a população que não compareça as agências bancárias. Os bancários e bancárias vão parar como forma de demonstrar a indignação da categoria com crescente grau de contaminação pela Covid-19, nas agências bancárias, pelo grande número de bancários que estão contaminados, internados, entubados. A nossa luta é pela inclusão dos trabalhadores e trabalhadoras dos bancos entre os grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a covid-19", defende a presidenta do SEEB/SE, Ivânia Pereira .

Em Sergipe, de acordo com o SEEB/SE, 12 bancários (as) morreram ´vítima da Covid. "Isso é grave, gravíssimo. A categoria está adoecendo a cada dia e a paralisação foi a forma que encontramos para dizer ao nossos governantes que os mesmos precisam cumprir com a parte deles: garantir a vida do seu povo”, cobra Ivânia Pereira.

Saiba Mais

Desde o início da pandemia, assim como profissionais da Saúde e os policiais, os bancários e bancárias não pararam de trabalhar. 

Dentro das agências, a categoria segue atendendo a população, especialmente com o pagamento de benefícios sociais.

Em todo o País, só na Caixa Econômica, foram atendidos mais de 120 milhões de brasileiros. 

Sem acesso às vacinas, os bancários e bancáris assim como os usuários dos bancos enfrentam os riscos da contaminação.

A SITUAÇÃO É GRAVE

Só no primeiro trimestre de 2020, foram feitos 55 desligamentos por mortes na categoria.  No mesmo período de 2021, foram 152, crescimento de 276,4%.  Em 12 meses, foram 473.

É em um cenário desses que a categoria trabalha diariamente para atender milhões de brasileiros e manter a economia nacional em pleno funcionamento.

O governo Bolsonaro ignora e mantém a categoria de fora do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19.

Diante do cenário, o Sindicato dos Bancários reivindica há meses a inclusão da categoria no grupo prioritário da vacinação. Desde dezembro, junto com a Contraf e federações, o SEEB/SE enviou ofício ao Ministério da Saúde. A Diretoria do SEEB/SE enviou ofícios também para prefeituras e para o governo estadual, fez protestos na Porta do Palácio de Despacho e foi recebida pelo superintendente Estadual da Comunicação. A entidade aguarda do governador Belivaldo Chagas resposta ao pleito. No último sábado (05/06), a categoria realizou uma carreata pelas ruas da capital sergipana pedindo apoio a população e cobrando do poder público a inclusão dos trabalhadores (as) dos bancos nos planos de vacinação contra a Covid.

 

AGENDA DE MOBILIZAÇÃO

GREVE dos BANCÁRIOS E BANCÁRIAS DIA 08/06 

Pela inclusão dos trabalhadores e trabalhadoras dos bancos entre os grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a covid-19. VacinaJÁ

07/06 (segunda-feira)  -  às 19h  Nova Plenária Organizativa da Bahia e Sergipe

08/06 (terça-feira) _ GREVE dos BANCÁRIOS E BANCÁRIAS, de 00h às 24h